FANDOM


Islamicos
Historia Irán Countryballs

Historia Irán Countryballs

A República Islâmica do Irãball, comumente conhecida como Irãball, é uma countryball no Oriente Médio. Ele é filho de Persiaball.

A República Islâmica do Irã tem um forte desejo de apagar Israel, do mapa. (Pensei que era ruim? Tente ver como o Líbano vê Israel) O Irãball também gosta de fazer armas nucleares, para ajudá-lo a lidar com o Israelcubo. Outros interesses do Iranball estão negando o Holocausto e aplicando xiitas a countryballs sunitas como o Bahrein. Ele odeia ser chamado de árabe como ele é persa, mas ainda é amigo de muitos estados árabes.

A partir de dezembro de 2017, ele começou a desmoronar de dentro com protestos e mais protestos para derrubar a República Islâmica e restaurar o Xá ou, pelo menos, criar uma República Democrática e Secularista; Mas isso não deu em nada, pois agora que os EUAball matou seu general estão dispostos á Começar uma 3°Guerra Mundial se for para distruir o grande mal imperialista.

História Editar

Antiguidade e Idade Média Editar

O território atualmente ocupado pelo Irãball é habitado desde os tempos pré-históricos. A história escrita da Pérsiaball começa em cerca de 3200 a.C. com a cultura proto-elamita e com a posterior chegada dos arianos e a formação dos sucessivos Impérios Medo e Aquemênida.

Por volta de 1500 A.E.C. fixaram-se no planalto iraniano vários tribos arianas, das quais se destacavam os Medos e os Persas. Os primeiros fixaram-se no noroeste onde fundaram um reino; os Persas estabeleceram-se no sudoeste.

Os Medos foram submetidos pelos Citas em 653 A.E.C., mas conseguiram libertar-se e alargaram a sua influência aos Persas. Em 555 A.E.C. O rei da Pérsiaball, iniciou uma revolta contra Astíages, rei dos Medos, vencendo-o e reunindo sob sua soberania a Pérsia e Média. Ciro, primeiro rei aqueménida, iniciou uma política expansionista, que seria continuada pelos seus sucessores. Em resultado destas conquistas o Império Aqueménidaball compreendia uma vasta área que ia do Vale do Indo ao Mar Negro, incluindo a Palestinaball e o Egitoball.

Alexandre, o Grande conquistou a Pérsiaball em 331 A.E.C., acrescentado-a ao seu império. Após a sua morte o seu império seria dividido entre os seus generais. Um destes generais, Seleuco, ficaria com a Babilóniaball e a Pérsia, dando início ao reino selêucida. A partir de 250 A.E.C. o domínio selêucida começou a ser rejeitado na parte oriental do Irãball, nasce o reino dos Partos Arsácidasball.

O império arsácidaball era menor que o aqueménidaball, estendendo-se do atual Afeganistãoball ao Eufrates, controlando as rotas comerciais entre a Índiaball e o Ocidente. Os Partos terão como inimigos a ocidente o Império Romanoball, que tentaria em vão conquistar o seu território. Em 224 E.C. a dinastia arsácida foi derrubada por um pessoa no mundo, um rei vassalo que fundou a dinastia sassânida.

Durante a Idade Média, a Pérsia foi invadida pelos mongóis, a que se seguiu o reinado de Tamerlão. Pouco a pouco, o país passou a ser uma arena para potências coloniais rivais como os impérios russo e britânico (pobre Irã...).

Período dinástico Editar

Entre 1501 e 1736 a Pérsiaball foi dominada pelos Safávidas. 

As duas principais ameaças exteriores dos Safávidas foram os Usbeques e os Otomanos. Os primeiros representavam uma ameaça, mas foram derrotados em 1510 e empurrados para o Turquestãoball. Quantos aos Otomanos, seriam autores de um duro golpe ao estado safávida em 1524, quando as forças do sultão derrotaram os safávidas em Tchaldiranball, tendo ocupado Tabrizball. Em 1533 o sultão Soleimão ocupou Bagdadeball, tendo alargado o domínio otomano sobre o sul do Iraqueball.

Em 1736, depois de ter expulsado os afegãos, um líder turcomano , um dos chefes da tribo Afsharball, funda a dinastia dos Afsharidas. Ele alargou o seu domínio para leste, tendo invadido a Índia em 1738, de onde trouxe muitos tesouros para o Irãball. Foi assassinado em 1747.

Em 1941, durante a Segunda Guerra Mundial, o Reino Unidoball e a União Soviéticaball invadiram o Irãball(Po de novo), de modo a assegurar para si próprios os recursos petrolíferos iranianos. Os Aliados forçaram o xá a abdicar em favor de seu filho, em quem enxergavam um governante que lhes seria mais favorável. Em 1953, após a nacionalização da Anglo-American Oil Company, um conflito entre o xá e o primeiro-ministro  à deposição e prisão deste último.

República Islâmica Editar

Em 1979, a chegada de um cara, após 14 anos no exílio, dá início à Revolução Iraniana - apoiada na sua fase inicial pela maioria da população e por diferentes facções ideológicas - provocando a fuga do Xá e a instalação do Aiatolá  como chefe máximo do país. Estabeleceu-se uma república islâmica, com leis conservadoras inspiradas no Islamismo e com o controle político nas mãos do clero. Os governos iranianos pós-revolucionários criticaram o Ocidente e os Estados Unidosball em particular pelo apoio dado ao xá; as relações com os Estados Unidosball foram fortemente abaladas em 1979, quando estudantes iranianos tomaram funcionários da Embaixada americana como reféns. Posteriormente, houve tentativas de exportar a revolução islâmica e apoio a grupos militantes anti-Ocidente como o Hezbollah do Líbano. A partir de 1980, o Irãball e o Iraqueball enfrentaram-se numa guerra destruidora que durou oito anos.

E hoje o Irãball tá nessa mer**

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.