Mato Grosso do Sulball é um estado de Brasilball que tem Ponta Porã, uma cidade gêmea entre Brasilball e Paraguaiball onde se vende muitos produtos, bons mas em compensação cigarros e produtos falsos; O Pantanal; com suas araras, periquitos, jacáres, tuiuius e muitas capivaras; E o Parque Nacional do Xingu e de Dourados e seus 3ball.

História:

Primeiras habitações

Seu território antigamente habitado por 3balls, estas foram compradas por espelhos espanhóis e depois cedidos ao Brasil Portuguêsball. Por muitos anos foi uma terra desconhecida e inexplorada, pois ficava longe demais para os bandeirantes de São Pauloball.

Guerra do Paraguai

O Mato Grosso DO SUL foi invadido e se tornou o palco dessa sangrenta guerra, na qual o nosso heroico Império do Brasilball derrotou "quase" sozinho o falido, digo, A PODERROSA SUPERPOTÊNCIA REPÚBLICA DEL Paraguaiball, com uma pequena ajuda do Uruguaiball, da Argentinaball e um empréstimo da Inglaterraball.

Foi dessa forma que Mato Grosso do Sul entrou para os livros de história: como palco da maior vitória bélica que a Cólera o Brasil obteve.

O resto da história do Mato Grosso do Sul (sem muita importância)

Após a deflagração da Revolução de 30, São Pauloball criou a República de Maracajúball para derrotar Getúlio Vargas. Durante esse período, 2.750.000 humanos morreram vítimas da ditadura na Guerra Constitucionalista.

Campanhas em massa promovidas pelo governo para o o restante da população lutarem, o povo, com seu intelecto razoavelmente superior, ela não tardaram em derrubar o regime do Estado de Maracajuball e o reanexar ao Brasilball no dia 11 de Outubro de 1986, retornando ao nome de Mato Grosso do Sul.

Com o fim do regime getulista, ele se tornou economicamente grande com grandes pastos bovinos que perdura até hoje, comandado pela CTG, paulistas e gaúchos além dos paraguaios de Ponta Porãball.

Separação

Em 1979, o Mato Grossoball percebe como a parte sul era só um pântano repleto de paraguaios e bois, então foi feito a divisão entre ele e o então novo Mato Grosso do Sulball.

Personalidade:

Ele é um consumidor exacerbado de tereré (mato misturado com água gelada, também conhecido como chimarrão), que toma com seus amigos 🐂 bovinos. Tem o orgulho de ser pantaneiro embora tenha medo de 🐊 jacaré (mas queria comer um). Ele é reconhecido pelo seu tereré que leva para todo lado, e por conhecer o significado da palavra "raqueado". Musicalmente é adepto da corno music (Sertanejo), e seguidores do movimento "o que é gordura é pra ser visto", enquanto veste seu chapéu (pois ele acha que sempre está em uma fazenda) e vai estar chamando todas suas cidades para dançar uma Vanera (e acha um absurdo se elas não souberem dançar ou se não souberem o significado da palavra "vanera").

As mesmas cidades são uma mistura de São Pauloball, Rio Grande do Sulball, Paranáball, Goiásball, Guaraniball, Bolíviaball e Paraguaiball, resultando em seres com aparência de civilizados, com cabelos claros e lisos, olhos verdes ou cor de mel e pele branca, e falam coh sutáque de quem halah como se eshtiveshe sob efeito de anesteshia de dentshitah ( tradução: com sotaque de quem fala como se estivesse sob efeito de anestesia de dentista), incompreensível para o resto do país.

Aliás, nunca chame esse estado de apenas Mato Grossoball ou você correrá o risco de ser linchado, por algum motivo ele se orgulha de ter "Sul" no nome.

A bebida típica de la é o água com mato tereré, ou chimarrão gelado, apesar de ser basicamente isso nunca chamem desse segundo nome pois ele odeia essa expressão porque seria passar atestado de boiola gaúcho.

Galeria

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.