Santa Lúcia é um país insular das Pequenas Antilhas, no Caribe, próximo à MartinicaSão Vicente e Granadinas e Barbados. Seu nome foi dado por Cristóvão Colombo, que ali esteve, em 1502.


Os primeiros a povoarem a ilha de Santa Lúcia foram os Aruaques no século III a.C., que foram expulsos posteriormente pelos Caribes. Espanhóis e ingleses tentaram ocupar a ilha, mas encontraram forte resistência dos nativos caribes. Em 1660, os franceses conseguiram se estabelecer ali, iniciando uma longa disputa com a Inglaterra que durou 150 anos. Por conta disto, a bandeira de posse em Santa Lúcia foi mudada catorze vezes consecutivas. Através do Tratado de Paris, em 1814, a Grã-Bretanha assumiu definitivamente o controle da ilha de Santa Lúcia, embora o período em que ela esteve sob dominação francesa tenha deixado marcas, inclusive no próprio idioma local, um patoá resultante da mescla de dialetos africanos com o francês.

Foi desenvolvido na ilha pelos ingleses o cultivo de cana-de-açúcar e, posteriormente, a introdução do cacau. Frutas tropicais também são produzidas, como a banana — seu principal produto é o côco.

Entre 1959 e 1962, a ilha foi uma província da Federação das Índias Ocidentais. Tempos depois, foi-lhe atribuído o autogoverno, em 1967, e a independência a 13 de dezembro de 1978, como membro da Comunidade de Nações (Commonwealth). Atualmente, o governo-geral está a cargo de Perlette Louisy, sendo primeiro-ministro Stephenson King.

Hino

https://youtu.be/Yms310KI13w

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.